quarta-feira, 22 de maio de 2013

Suécia: “Judeus suecos fogem do seu antigo santuário”


“We are one” [Somos um só], diz a divisa do concurso Eurovisão da Canção, que se realiza por estes dias em Malmö.
Mas, “numa altura em que a antiga cidade industrial se tornou um ponto de encontro internacional cheio de otimismo”, afirma o Dagens Nyheter, “um número crescente de famílias judias abandonam-na. O antissemitismo tornou-se um traço de caráter de Malmö. A perseguição tornou-se moeda de troca e muitos judeus não veem qualquer futuro na sua permanência na cidade”.
Nos anos de 1970, a comunidade judaica de Malmö tinha dois mil membros. Atualmente, são apenas 500, escreve o jornal. “A maior parte foi para Estocolmo ou para o estrangeiro.”

Press Europe