domingo, 26 de maio de 2013

V. Guimarães dá a volta ao jogo e conquista a sua primeira Taça de Portugal

O V. Guimarães venceu este domingo a Taça de Portugal, ao bater o Benfica por 2-1, no Estádio do Jamor. A reviravolta foi operada na segunda parte do encontro.
Foi até o Benfica a começar melhor. Ezequiel Garay teve na cabeça a primeira oportunidade de golo da partida, na sequência de um pontapé de canto, mas Douglas opôs-se com eficácia. Foi aos 10’de jogo.

O V. Guimarães responderia apenas aos 29’, num contra-ataque perigoso que Addy, já muito perto de Artur na altura em que recebeu a bola, não conseguiu concretizar.
Não marcou o Vitória, marcou o Benfica. No lance seguinte, Maxi Pereira desceu pelo flanco direito, cruzou atrasado para Lima, que não conseguiu dominar. Kanu tentou aliviar com um pontapé forte mas a bola tabelou em Gaitán e acabou no fundo da baliza.
No segundo tempo, e contra a corrente do jogo, um erro de Artur repôs a igualdade no marcador. O guarda-redes do Benfica pontapeou mal a bola, Crivellaro interceptou e lançou Soudani, que rematou com frieza
E no lance seguinte, deu-se a reviravolta completa no marcador. Ricardo fez uma diagonal para o centro do terreno, rematou de pé esquerdo, a bola tabelou em Luisão e traiu o guarda-redes do Benfica.
O Benfica ainda procurou o empate até ao final, mas, já sem discernimento, não foi capaz de contrariar um Vitória que conquistou, à sexta tentativa, a primeira Taça de Portugal do seu palmarés.
Público