segunda-feira, 7 de julho de 2014

Morreu Alfredo Di Stéfano, um dos melhores futebolistas de sempre

Alfredo Di Stéfano morreu nesta segunda-feira aos 88 anos no Hospital Gregorio Marañon, em Madrid, vítima de uma paragem cardio-respiratória.

O antigo avançado do Real Madrid, uma das maiores lendas do futebol mundial, já estava internado desde sábado passado, dia em que sofreu uma paragem cardíaca.
O argentino, naturalizado colombiano e espanhol, estreou-se no Real Madrid aos 27 anos e, numa década, ganhou cinco taças europeias.
O presidente honorário do Real Madrid é apontado como um dos principais responsáveis por ter transformado o clube espanhol numa referência europeia.
Nascido na Argentina a 4 de Julho de 1926, Di Stéfano jogou no River Plate e no Huracán, no Millonarios, da Colômbia, e esteve 11 anos ao serviço do Real Madrid, entre 1953 e 1964, antes de terminar a carreira de jogador no Espanyol de Barcelona, em 1966.
Di Stéfano é considerado um dos melhores futebolistas de sempre, ao lado de nomes como Pelé, Eusébio, Puskas, Cruyff e Maradona. 
Alfredo Di Stéfano teve uma curta passagem por Portugal, como treinador do Sporting na época de 1974/75, cargo que ocupou pouco mais de um mês.PÚBLICO

Sem comentários: