segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Surto de legionella em Portugal é o mais mortífero do mundo


O surto de legionella em Portugal já é o mais mortífero do mundo. As autoridades confirmaram ontem que uma mulher de 89 anos, residente no Forte da Casa, se tornou a oitava vítima da bactéria, o que faz com que a mortalidade do surto de Vila Franca Xira ultrapasse a registada nos surtos do Japão e no Reino Unido. Estes dois surtos, considerados os maiores do mundo e que ocorreram em 2002, tinham ambos registado 7 mortos.
A Direcção-Geral de Saúde insiste que a “taxa de letalidade é baixa”, 2,5% e até estima que o número de mortos irá crescer
Apesar deste recorde em Portugal, a Direcção-Geral de Saúde insiste que a “taxa de letalidade é baixa”, 2,5% e até estima que o número de mortos irá crescer. As estimativas das autoridades de saúde, que construíram modelos matemáticos para prever a evolução da doença, apontam que o número de vítimas mortais possa chegar a dez. 
O número de novos casos já não deve aumentar, já que as autoridades de saúde calculam que, a partir desta semana, não deverão surgir mais doentes infectados.

Sem comentários: