segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Adiado início da operação de avião cargueiro entre Lisboa e o Funchal

 DN-M
O início da operação do avião cargueiro entre os aeroportos de Lisboa e da Madeira, previsto para terça-feira, vai ser mais uma vez adiado, "por alguns dias", devido à falta de um bote, disse à Lusa o comandante empresa Flymii.

"Tem de ser adiado por alguns dias, porque é exigido que os aviões que sobrevoam o mar tenham um bote (lifeboat) e nós encomendámos um há cerca de dois meses e meio e ainda não chegou", explicou Miguel Freitas, responsável pela transportadora.

Miguel Freitas adiantou que o "bote à medida" foi encomendado nos Estados Unidos e, "como ainda não chegou, o avião não pode voar para a Madeira".
"Logo que chegue avança a operação", declarou o responsável, sublinhando que, apesar deste problema, toda a carga que estava reservada vai ser transportada entre os dois aeroportos e a empresa "vai cumprir com os seus compromissos".
O comandante da Flymii adiantou que os primeiros voos já têm números atribuídos [SRN 501 e SRN 502], apontando que na ligação Lisboa-Madeira "está cheio" e nas viagens entre a região e o continente a empresa "vai praticar tarifas especiais para ajudar a alavancar a economia e o setor primário do arquipélago".
"Ainda hoje vamos colocar a informação na página da internet da Flymii a explicar a causa deste novo adiamento", concluiu.
A retoma deste transporte em avião cargueiro foi anunciada pelo presidente do Governo Regional da Madeira em maio deste ano.
Esta operação designada 'Flymii Cargo' representa um investimento privado da ordem de um milhão de euros, teve início previsto anunciado para agosto, depois foi adiado para setembro, situação justificada com demoras relacionadas com os procedimentos de caráter burocrático e estava confirmado para começar a 20 de outubro.
Na sua página na internet, a Flymii, que tem sede na Madeira, sublinha ser "em Portugal a única empresa a gerir e comercializar um avião cargueiro", adiantando que a operação se destina a "providenciar o transporte de carga via aérea a todos os expedidores e agentes transitários que queiram usufruir de um meio de transporte entre os dois aeroportos".
Na mesma informação, acrescenta que esta ponte aérea acontecerá de terça-feira a sábado, com partida do aeroporto de Lisboa às 06:00 e chegada à Madeira às 07:45, acontecendo o regresso às 10:00 com aterragem prevista para as 10:45, utilizando um avião ATR 72F.
A 02 de julho deste ano, aquando da assinatura do contrato entre a Flymii e a Black Bird [que disponibiliza o avião], Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, realçou não ter havido intervenção direta do poder público na operação.
Nesse dia foi divulgado que o avião teria a capacidade para 6,5 toneladas de carga, iria contribuir para o escoamento de produtos regionais, sendo o contrato válido por três anos.

Sem comentários: