terça-feira, 24 de novembro de 2015

Chiado (Lisboa) é a 37ª localização mais cara do mundo

Via Idealista 

A cidade de Lisboa, mais concretamente o Chiado, é 37ª localização de retalho mais cara do mundo, com as rendas praticadas a custarem em média 1.170 euros anuais por m2. A liderar a lista está à 5ª Avenida, emNova Iorque (EUA), com rendas anuais de 33.812 euros por m2.


Em causa estão dados que constam no estudo “Main Streets Across the World”, publicado anualmente pela consultora imobiliária Cushman & Wakefield (C&W). “Estes resultados refletem a dinâmica crescente no comércio de rua em Lisboa, e para o qual tem vindo a contribuir largamente o crescimento massivo dos fluxos de turismo”, referiu Marta Esteves Costa, associate e diretora do departamento de research & consultoria da C&W.
Segundo a responsável, a curto prazo, a oferta prime em Lisboa, nomeadamente na Avenida da Liberdade, “irá aumentar com projetos emblemáticos a serem alvo de reabilitação urbana”. “Isto irá permitir ao setor de luxo ganhar cada vez mais massa crítica e posicionar a Avenida da Liberdade como o local de eleição das marcas”, frisou.
A renda prime no Chiado situa-se atualmente nos 97 euros por m2/mês enquanto na Avenida da Liberdade ronda os 87,5 euros por m2/mês, refere a consultora.
No topo da lista das localizações de retalho mais caras do mundo está, conforme referido, Nova Iorque, com rendas anuais mais de 50% mais caras que a segunda cidade da lista: Hong Kong (23.178 euros por m2). Seguem-se Paris (França), Londres (Reino Unido) e Milão (Itália), por esta ordem.
O estudo, que é baseado no valor de renda anual mais elevado em cada país analisado, não incluindo custos de condomínio, impostos locais e outras despesas de ocupação, concluiu que em termos globais as rendas subiram 35%.

Sem comentários: