quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Prefeito recusa-se a retirar da escola carne de porco do menu das cantinas escolares – … explica porquê:

 Via Mais Lusitânia
Os pais muçulmanos exigiram a abolição da carne de porco em todas as cantinas escolares de um subúrbio de Montreal. O prefeito do subúrbio de Montreal, de Dorval, recusou-se, e o secretário municipal enviou uma nota a todos os pais para explicar porquê ...

«Os muçulmanos devem entender que eles têm de se adaptar ao Canadá e Quebec, aos seus costumes, às suas tradições, ao seu modo de vida, porque é o lugar que escolheram para imigrar. «Devem entender que têm de se integrar e aprender a viver no Quebec.
«Devem entender que devem ser eles a mudar o seu estilo de vida, não os canadenses, que tão generosamente os acolheram.
«Devem entender que os canadenses não são nem racistas nem xenófobos. Aceitaram muitos imigrantes muçulmanos antes (ao passo que o inverso não é verdadeiro, em que os Estados muçulmanos não aceitam imigrantes não-muçulmanos). «Isto não é mais do que outras nações, os canadenses não estão dispostos a abrir mão da sua identidade, e da sua cultura. E se o Canadá é uma terra de acolhimento, não é o prefeito de Dorval que acolhe estrangeiros, mas o povo canadense-Quebecois como um todo.
«Finalmente, eles devem entender que, no Canadá (Quebec), com as suas raízes judaico-cristã, as árvores de Natal, igrejas e festas religiosas, e a religião deve permanecer no domínio privado. O município de Dorval tem o direito de recusar quaisquer concessões ao Islão e à Sharia.
«Para os muçulmanos que não concordam com o secularismo e não se sentem confortáveis no Canadá, há 57 belos países muçulmanos em todo o mundo, a maioria deles sob povoada e pronto para recebê-los de braços abertos halal, de acordo com a sharia. «Se deixou o seu país para vir para o Canadá, e não para outros países muçulmanos, é porque considera que a vida é melhor no Canadá do que noutros lugares. «Faça a si próprio a pergunta, apenas uma vez,» Porque é melhor aqui no Canadá do que de onde vêm?»

3 comentários:

Igor Adrian disse...

Por favor, qual a fonte dessa matéria??

A-24 disse...

A fonte vem do Mais Lusitânia, um dos blogues nacionalistas europeus que eu sigo. O mesmo texto pode ser encontrado em vários blogues se pesquisar no google https://www.google.pt/search?q=Finalmente%2C+eles+devem+entender+que%2C+no+Canad%C3%A1+(Quebec)%2C+com+as+suas+ra%C3%ADzes+judaico-crist%C3%A3%2C+as+%C3%A1rvores+de+Natal%2C+igrejas+e+festas+religiosas&oq=Finalmente%2C+eles+devem+entender+que%2C+no+Canad%C3%A1+(Quebec)%2C+com+as+suas+ra%C3%ADzes+judaico-crist%C3%A3%2C+as+%C3%A1rvores+de+Natal%2C+igrejas+e+festas+religiosas&aqs=chrome..69i57.256j0j7&sourceid=chrome&es_sm=93&ie=UTF-8#cns=0&es_sm=93

E até neste post do Facebook onde um seu compatriota fala desta questão, incluindo também outros comentários pessoais https://www.facebook.com/evolucaocidada/posts/923946571056174

pacificador disse...

Isto tem conotação de boato.