sexta-feira, 6 de maio de 2016

MENTALIDADE NÓRDICA vs MENTALIDADE LATINA

Fonte
1. As colunas estão estragadas

Pela primeira vez em 7 meses, algo falhou no país da perfeição. As colunas que o Sarmento comprou (12,95 €) eram defeituosas, e depois de um dia de uso deixaram de funcionar. Felizmente, o Sarmento tinha guardado o recibo e ainda não o tinha perdido. Dirigiu-se à loja (um hipermercado), explicou a situação e eis o que se passou:
"- Ok, do you want to change them or do you want your money back?"
"- I want to change them"
"- Here you are."
Não verificaram se as colunas eram defeituosas. Se o Sarmento disse que estavam estragadas, então é porque estavam mesmo. 

2. Sou estudante
Num concerto de um guitarrista peruano, havia dois preços para entrar: um para estudantes (3 €) e o outro normal (12 €). Quando o Sarmento foi comprar o bilhete, perguntaram-lhe se era estudante e ele disse que sim, apesar de não ter o cartão consigo naquele momento. Mas não foi preciso prová-lo. Se o Sarmento disse que era estudante, então é porque é. 

3. Moro ali
Para legalizar a sua situação na Finlândia, o Sarmento teve que provar que está efectivamente a viver no país. Para isso, teve que se dirigir à polícia e dizer a morada. Nenhum papel, só dizer a morada. Se o Sarmento diz que mora ali, então é porque mora mesmo. 

4. As mentalidades
Eis uma grande diferença de mentalidades entre um país latino e um país nórdico: No Sul da Europa parte-se do princípio que nos querem enganar. No Norte parte-se do princípio que ninguém engana. Um latino num país nórdico é como um cleptomaníaco à frente de uma carteira recheada de notas de 100, e sem ninguém a vigiar. O que o faz não roubar o dinheiro é a responsabilidade de saber que confiaram nele para o guardar.

Sem comentários: