terça-feira, 10 de maio de 2016

Polícia italiana trava atentados na Europa

A24: A ver se é com mais destas que os ingleses dizem Não à UE. A ver se com mais algumas destas que os países europeus deixam de ser estúpidos e possam recambiar para os países de origem todos estes terroristas e refugiadistas, para que estes lutem pelas suas pocilgas, pela sua "fé", bem longe da Europa.

JN


Dois homens afegãos foram detidos pela polícia italiana, em Bari, por pertenceram a uma célula do Estado Islâmico que planeava vários atentados em solo europeu.
Os dois homens, que faziam parte de um grupo com cinco elementos, teriam planos para atacar Reino Unido, Itália e França.
Segundo os dados revelados pela polícia italiana, os dois detidos teriam vídeos e fotos de vários pontos de cidades como Bari, Roma, Paris e Londres.
Em Roma, o alvo seria o Coliseu e em Londres o distrito financeiro de Canary Wahrf e hotéis em West India Quay e em Royal Victoria Dock, revela a BBC.
Nos telemóveis dos suspeitos, foram também encontrados vídeos de tributo a jiadistas mortos.
Para além de Hakim Nasiri, de 23 anos, e Gulistan Ahmadzai, de 29 anos, que foram detidos, a polícia procura outras três pessoas ligadas ao grupo.
Os detidos estavam em Itália sob proteção humanitária.



3 comentários:

Afonso de Portugal disse...

De atentado frustrado em atentado frustrado até ao massacre final!

A-24 disse...

Não tenho dúvidas algumas.
Ainda há dias li um artigo que dizia que Palermo, a capital da Sicília, já se parecia mais com Instambul ou Beirute do que propriamente com uma cidade italiana.
Os genocidas ainda pagarão caro por isso.

Bilder disse...

Esses também(tal como as centenas que têm sido detidos de algum tempo para cá)terão problemas mentais como o da Alemanha ontem?Ou serão mesmo atrasados mentais islamicos ao estilo dos de Paris e Bruxelas?Se fosse pela vontade de muitos esquerdistas e liberais-coiso e tal ainda teriam direito a visto-gold.