sábado, 4 de junho de 2016

Palace of Parliament by night - Bucharest, Roménia


O Palácio do Parlamento (em romeno: Palatul Parlamentului), localizado em Bucareste, na Roménia, é um edifício com múltiplas funções onde estão instaladas ambas as câmaras do Parlamento Romeno. Com 350.000 m² é o maior palácio do mundo e o segundo maior edifício, após o Pentágono.

 O palácio foi originalmente encomendado e desenhado, no final da década de 1970, pelo regime comunista do ditador Nicolae Ceauşescu para ser a sede de todo o poder político e administrativo na Roménia. O seu arquitecto chefe foi Anca Petreşcu. A construção teve inicio em 1980 e durou até 1989, quando Ceauşescu foi deposto. Até então, menos de 80% do edifício havia sido construído, mas a obra foi interrompida por ser muito onerosa para os cofres públicos romenos. Nicolae Ceauşescu chamou-lhe Casa da República (Casa Republicii), mas muitos romenos chamaram-lhe Casa do Povo (Casa Poporului).
De acordo com o Livro Guinness dos Recordes, o palácio é o maior edifício administrativo civil do mundo (O Pentágono é o maior em termos absolutos), o edifício administrativo mais caro e o edifício mais pesado.
Uma parte do palácio pode ser visitada pelo público, com visitas guiadas em romeno, inglês e alemão. 


 O palácio mede 270 metros de comprimento por 240 de largura, 86 de altura e 92 abaixo do solo. Possui 1.100 salas, duas garagens subterrâneas e 12 pisos de altura, com mais quatro pisos subterrâneos adicionais livres e em uso, além de outros quatro em diferentes estados de conclusão.
 


A estrutura combina elementos e motivos com origem em múltiplas fontes, num estilo arquitectónico neoclássico. O edifício foi construido inteiramente com materiais de origem romena. Estimativas dos materiais utilizados incluém um milhão de metros cúbicos de mármore da Transilvânia, principalmente Ruşchiţa; 3.500 toneladas de cristal — foram manufaturdos 480 candeeiros, 1.409 luzes de tecto e espelhos; 700.000 toneladas de aço e bronze para portas e janelas monumentais, candeeiros e capitéis; 900.000 m³ de madeira (mais de 95% doméstica) para parquet e apainelamentos, incluindo madeira de juglans, carvalho, cerejeira, ulmeiro e sicómoro; 200.000 m² de tapetes de lã de várias dimensões (tiveram que ser instaladas máquinas dentro do edifício para tecer alguns dos tapetes maiores); cortinas de veludo e brocado adornadas com bordados e passamanarias em prata e ouro. Wikipédia





Sem comentários: