quinta-feira, 30 de junho de 2016

Sobre a ignorância dos jovens

Sr. Hamsun
1. O triunfo do materialismo. Praticamente só se ouviu e ouve falar de consequências económicas. Tudo gira à volta da economia e o mundo não existe para além disso.

2. O espantoso conceito de democracia de muita gente. Nada de novo, mas a confirmar-se novamente. Perdem-se eleições? referendos? repetem-se as votações ou anulam-se os resultados. Só quando as votações vão de encontro à vontade dos donos é que são correctas. Quando não, é uma vergonha.
3. A demonização de quem votou pela saída, a proliferação de mentiras na comunicação social. Foi a vitória da xenofobia, do racismo, da intolerância, etc. Ataques a imigrantes, ameaças, choro, pânico e por aí fora. O mundo prestes a acabar.
4. A ignorância colossal dos jovens: "- ai, e agora como é que vai ser? vão acabar com o Erasmus! não podemos circular pela Europa!". Broncos, caso não passásseis o tempo nas redes sociais a debitar bacoradas e lêsseis u bocadinho, saberíeis que há cem anos a circulação entre os países europeus se fazia com grande facilidade. Stefan Zweig relata a sua experiência de cruzar a Europa praticamente sem lhe ser pedido o passaporte. Broncos, sabeis onde nasceu Santo António de Pádua? onde nasceu Anselmo de Cantuária? onde ensinou São Tomás de Aquino? pois é, muito antes de Erasmus e programas afins já os universitários europeus circulavam livremente pelo continente sem necessidade de autorizações e papeladas. A vossa ignorância deve-se, em parte, aos professores marxistas que vos manipularam. Mas a culpa maior é vossa, da falta de curiosidade intelectual e da arrogância dos ignorantes que julgam conhecer este mundo e o outro quando, na esmagadora maioria, não passam de uns semi-analfabetos.
5. O triunfo do marxismo cultural. Quando a maioria dos jovens entre os 18 e os 27 anos vota pela permanência na união maçónica temos que o discurso marxista cultural e politicamente correcto triunfou. Os resultados têm sido catastróficos. A continuar assim serão ainda piores.
6. O lamento do papa herege. O bergoglio receia a "balcanização" da Europa. Prefere a união maçónica, a tal que mete milhões dos seus amigos invasores no continente. Mas aí já não existem riscos, só harmonia.

4 comentários:

Sr. Hamsun disse...

Obrigado pela referência!

CENSURADO AGAIN disse...

GRANDE VANTAGEM ERASMVS NUMA UE FALIDA VÃO CONHECER AS BOCAS DE FUMO E PUTEIROS DE AMSTERDÃO DECAIDA OU AS NO GO ZONES DO RESTO?

CENSURADO AGAIN disse...

O REGIME CONTINUA VENDENDO UMA FALSA ESPERANÇA DE FUTURO A ESSES BURROS COMO SE ELES FOSSEM TER FUTURO EM KALERGIS E DETROITS SE O PROJECTO É JUSTAMENTE EXTINGUIR ELES COM ISSO

Bilder disse...

E enquanto a alucinação colectiva(nas suas diferentes vertentes)continua tudo vai de "vento em popa" para a plutocracia global Entretanto(e enquanto segue a alucinação Bergogliana) https://espectivas.wordpress.com/2014/12/04/a-nova-plutocracia/