quarta-feira, 22 de junho de 2016

Sobre o feminismo e as quotas, por uma mulher:

Via Delito de Opinião
«"Pessoalmente não gosto de quotas." Eu também não. É um paternalismo terrível para as mulheres que eu dispenso. O pior com as quotas é que nunca se sabe se uma mulher está numa posição importante (e sublinho esta palavra porque para posições não importantes nenhuma feminista reivindica nada) devido ao mérito ou às quotas. As coisas têm de ser conquistadas por nós e não concedidas às atrasadinhas. É claro que muitas mulheres defendem as quotas porque isso as favorece para alcançarem certas posições.»

Sem comentários: