terça-feira, 22 de novembro de 2016

Das eleições francesas

A-24: Eis a opinião da "esquerdinha", em plena erosão no mapa político francês. "República firme e acolhedora com serviços público eficazes". Pergunto-me: Quantas décadas tiveram, para os promover? E os resultados? 
Já sobre as questões essenciais que afectam o dia-a-dia dos franceses e o seu modo de vida, nada foi noticiado. É por isso que a esquerda francesa só tem o que merece, continuar a caminho da sua extinção. Já sobre Fillon, que segundo esta imprensa é "ultraliberal e conservador" apraz-me perguntar-lhe: Mas desde quando estes dois termos são compatíveis? Espero sinceramente que a segunda volta das eleições francesas sejam disputadas entre Marine Le Pen e um fulano qualquer da "esquerdinha", porque com este patético da "direitinha", ainda é capaz de desviar o foco e enganar os franceses.


4 comentários:

Rick disse...

Vai ser uma questão de tempo até "rebentar" outro "bataclan" ou pior,será mau obviamente mas vai avivar a memória(e fazer entender sobre o que está realmente em causa na França,e na Europa)aos franceses que comem muito "queijo liberal-socialista" ou "pseudo conservador"(ambas as correntes são corruptas e internacionalistas).

Rick disse...

Essa lenga-lenga do "somos todos iguais" como é veiculada por aí e descrita no post "no border no nations" (que na teoria é muito bonito mas na prática nunca vai funcionar pois mesmo que potencialmente os humanos sejam iguais há sempre uma identidade e um background religioso e cultural/social diferente,além de um claro abismo em termos de progresso de civilização) é que fomenta na prática o caos e a guerra em grande escala(desde o começo do marxismo ortodoxo no século 19).Mas claro que é mais fácil(para todos os formatados em ideologias arrogantes e com a mania da superioridade moral e intelectual)dizer que o mal é sempre dos outros,papageando ad-eternum termos como "fascismo"(e eu não digo que não exista,existe tal como existe o social-fascismo totalitário)e "racismo" e por aí fora.

Bilder disse...

Resta saber se vai rebentar antes ou depois das eleições.Entretanto a saga continua na França(e não são pokemons concerteza) https://www.noticiasaominuto.com/pais/692056/hicham-e-h-o-terrorista-detido-em-franca-que-vivia-em-aveiro com o extra de Portugal ser uma espécie de albergue(como se não houvesse já merda em grande aqui no rectangulo) para essa gente.

A-24 disse...

Rick e Bilder: E agora que Fillon foi nomeado, e tendo lido já alguns artigos sobre o que esperar dele, espero que a 2a volta das eleições seja disputada entre ele e Le Pen, porque se ele é mesmo "liberal", este é o trunfo de Le Pen. Já com um candidato "esquerdinhas", com o apoio de toda a esquerda e da "direitinha" é capaz de ir na do mal menor e ficará tudo na mesma.