sábado, 12 de novembro de 2016

Os Cristãos Laboram e Conspiram Contra os Nacionalistas e as Pátrias




O excerto acima, escrito por um católico, é apenas mais um exemplo de como os cristãos continuamente laboram e conspiram contra os nacionalistas e as pátrias, servindo o horroroso Deus judeu em que eles acreditam e tentando a todo o custo destruir as Nações, tal como os judeus que seguem a sua crença à letra também as querem destruir. OInternacionalismo é um traço comum de todas as religiões abraâmicas, que se definem também por serem crenças messiânicas, o que as torna ainda mais perigosas e visceralmente anti-humanas.

Eu ando a dizer há muito tempo que os cristãos são um dos maiores inimigos internos dos movimentos nacionalistas e são o mais subversivo e perigoso deles todos. Os cristãos, por norma vêm sempre com conversas mansas, fazendo-se passar por vítimas e agredidos, quando na realidade são eles os agressores, os pulhas que em terra alheia espalham as mentiras inventadas pela judiaria. Tal como os restantes semitas e filo-semitas, os cristãos, bem lá no fundo, sempre odiaram a Europa, sempre nos quiseram destruir e basta ouvir os discursos dos cristãos para se perceber isso. Eles próprios admitem que a sua seita é"universal", ou seja, internacionalista, sendo que o Cristianismo nunca passou de um instrumento de controlo psicológico inventado pelos judeus, exactamente para quebrar o espírito de resistência dos goyim e torná-los todos uns cordeirinhos mansos e obedientes.

Os cristãos são servos de um Deus judeu, acreditam em fantasias judaicas oriundas doMédio Oriente e no caso dos católicos, são fiéis a um monarca estrangeiro. Por tudo isto, só resta mesmo é chamar-lhes aquilo que são, ou seja, traidores. Todo aquele que presta vassalagem ao Papa é um traidor à Pátria e um servo da judiaria e é isto mesmo que os católicos são: um bando de lacaios dos judeus e servos do seu Deus demente, não passam disso, nem nunca passaram disso.

As nações europeias foram espiritualmente colonizadas pelos semitas aquando da penetração e propagação das seitas semitas em solo europeu. A solução para este mal, essa, é muito simples. É necessário que o Estado ilegalize o Cristianismo, faça a demolição dos templos cristãos e queime as bíblias. O mesmo tratamento deve ser aplicado a todas as restantes religiões abraâmicas, até que não reste uma única ideologia/religião semita em solo europeu. O lugar dos semitas e das suas religiões doentias é no Médio Oriente, pois é lá que as seitas judaica, cristã e maomentana foram paridas e é lá que devem de ficar confinadas, para bem da sanidade (e higiene...) mental de todos nós.

Há quase 2000 anos que os cristãos andam a parasitar na Europa, depois de terem destruído o Império Romano e satisfeito a sua perversão filo-semita, humilhando e cuspindo em cima das religiões dos nossos antepassados, dedicaram-se a saquear as nossas pátrias, mentindo e pervertendo o espírito do povo com as suas aldrabices religiosas.

O lixo religioso dos traidores cristãos não interessa a nenhum patriota que se digne de o ser, bem pelo contrário, deve e tem de ser escorraçado de volta ao espaço médio-oriental, custe o que custar e doa a quem doer. O esmagamento total do supremacismo judaico só poderá ser feito mediante um simultâneo esmagamento do Cristianismo e do Islão. A aniquilação total destas religiões totalitárias e intolerantes no espaço europeu deve ser hoje o principalobjectivo de todos os patriotas que nem devem sequer de hesitar em falar a verdade e denunciar o veneno cristão como aquilo que ele é realmente, ou seja, a ideologia da fraqueza e submissão ao maligno Deus dos abraâmicos.

Nietzsche disse uma vez que este Deus dos judeus estava morto. Não, ele não morreu, está vivo e continua a operar a maldade no nosso meio. Cabe-nos a nós, filhos da Europa e herdeiros de Roma, matá-lo, cravar-lhe o punhal sagrado de Némesis bem no meio do coração e expulsá-lo de uma vez por todas para o Reino de Hades.


João José Horta Nobre
10 de Outubro de 2016

10 comentários:

João José Horta Nobre disse...

Obrigado pela divulgação.

;)

Leocardo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
CENSURADO AGAIN disse...

JUDEUS CRISTÃOS OUTROS METAFICISTAS DA LAIA DELES E ATE POS METAFICISTAS COM O MESMO PADRÃO DESTRUTIVO DELES NÃO TEM COMO DIFERENCIAR ESSAS PORCARIAS SÓ GERAM RUINAS ALOGENAS

CENSURADO AGAIN disse...

IMPERIOS DE SOLO ANTI VIAVEIS MORES INCLUSIVE NA LONGITUDE ALHEIA IMPOSTOS SE INFILTRAM SE FINGEM DE PSEUDO OUR VIDE A ESCORIA WASP REDNECK NA BERINGIA QUE FINGEM SER EUROPA A LA TRECHOS DO CONE SUL E VIZINHOS PRETENDENTES A

Afonso de Portugal disse...

Caro A-24, sugiro-lhe vivamente que elimine todos os comentários do troll que comentou a 13 de Novembro de 2016 às 05:10. Aquilo que ele escreveu acerca do Mestre Nobre são calúnias do mais reles e covarde que pode haver.

João José Horta Nobre disse...

Obrigado Afonso ;)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
A-24 disse...

Serve a todos dizer o seguinte:

Apaguei dois comentários neste post, por não respeitarem as normas da convivência blogosférica.
Um deles, por se dedicar a difamar pessoas ou no mínimo somente focado na vida dos outros, o que é no mínimo lamentável.

O segundo por pensar que também pode dizer o que lhe apetece por aqui, falar em nacionalistas e democratas, quando este é um espaço aberto e que não se identifdica com partido algum. Este autor demonstrou uma arrogância incompatível com este espaço.

O A24 não é um blogue em tempo real, logo não consigo verificar comentários a qualquer hora. A maioria dos posts sao agendados porque o autor aqui tem dois trabalhos, mulher e filhos e pouco tempo lhe resta para entrar em circos e briguinhas inúteis, típicas de mentecaptos e desocupados.

O A24 pede a ambos os os autores, cujos comentários foram apagados, o favor de não voltarem a comentar por aqui, pois nada do que escreveram acrescentou alguma coisa ao post do autor e sob pena de serem censurados no futuro.

Por último, o A24 reserva-se ao direito de publicar o que lhe apetecer, independentemente da fonte. Essas, serão sempre citadas. Quem não gostar tem uma boa solução.

Obrigado

João José Horta Nobre disse...

Loool, caro A-24, não adianta de nada pedir ao taradinho de Macau que deixe de comentar, porque ele volta e meia despeja mais uns cócózinhos divertidos. Coitadito, é mesmo um caso digno de dó.

Abraço ;)

Afonso de Portugal disse...

Caro A-24, obrigado pela sua intervenção! Infelizmente, há indivíduos que se aproveitam da relativa vulnerabilidade de alguns blogues que, por não terem qualquer forma de moderação, ficam à mercê de cretinos sem o mínimo respeito.

Um grande abraço! E obrigado pelo excelente trabalho que continua a fazer por aqui! :)