terça-feira, 13 de dezembro de 2016

A Catalunha e a França

Via Gladius 
"Uma iniciativa justa, sem dúvida. Esta é uma senda verdadeiramente nacionalista.
Aliás, a França nem é propriamente uma nação, neste momento... a seu tempo, este e outros Estados europeus compostos de várias nações - Espanha, Reino Unido, Alemanha... - deverão dividir-se ao longo de linhas estritamente nacionais, para que a cada Nação corresponda um só Estado e cada Estado tenha uma só Nação. Claro está, entretanto, que neste momento a prioridade maior e mais urgente é salvar a Europa da enchente imigratória terceiro-mundista..."


CATALUNHA A CAMINHO DA INDEPENDÊNCIA QUER PARTE DO TERRITÓRIO FRANCÊS...

O ministro das Relações Exteriores de França, Jean-Marc Ayrault, pediu nesta quarta-feira que o governo catalão respeite a soberania francesa.
O ministro francês condenou a resolução aprovada pelo Parlamento da Catalunha, que reivindica a integração de Roussillon, um dos cantões históricos do Principado da Catalunha, correspondente ao actual departamento francês dos Pirenéus Orientais.
“Se trata de soberania da França e, assim como respeitamos a soberania da Espanha, pedimos a todos o mesmo respeito", disse o ministro francês. Segundo ele, a mesma mensagem foi transmitida às autoridades catalãs.
O governo catalão aprovou nesta quarta-feira uma declaração, que versa sobre o direito de auto-determinação de todos os territórios de língua catalã, incluindo a região “Norte de Catalunha”, localizada nos Pirinéus Orientais da França, ou Roussillon francesa, que fez parte da Espanha até o século XVII.
*
Fonte: https://br.sputniknews.com/europa/201612077096372-Franca-Catalunha-disputa-territorial-Roussillon/

Sem comentários: