segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Itália 1-0 Áustria

A-24: O resultado na Áustria foi bom (46.7%), mas não foi excelente. Os austríacos adiaram aquilo que é inevitável, mais dia menos dia, que é a vitória de um candidato que os defenda. Já em Itália, Renzi perdeu a sua grande aposta e demitiu-se. Se por um lado seria bom reformar o sistema político naquele país (são mais de 600 deputados no parlamento, mais outros tantos no senado, etc), por outro lado, os italianos deram indirectamente a vitória à mensagem de que é preciso repensar o futuro do país no euro e até na União Europeia. Beppe Grilo e a Liga Norte, defensores de soluções nacionais, têm agora a palavra.




1 comentário:

Bilder disse...

Não me parece no entanto que a Itália se livre das forças políticas esquerdistas,será apenas mais um "baralhar para dar de novo".Mas isto sou eu que sou pessimista(ou realista)como venho dizendo em outros posts.