sexta-feira, 10 de março de 2017

A factura mais pesada

A-24: Mais uma das faces da violência doméstica.

Helena Matos 
"Tenho seguido com estupefacção as notícias sobre o julgamento que opõe Bárbara Guimarães a Manuel Maria Carrilho. Seja qual for a posição que se tome sobre este caso duas conclusões podemos já tirar. A primeira é que ele está a cobrar uma factura elevada na vida profissional de Bárbara Guimarães. A outra conclusão é que essa factura será tão mais acrescida quanto a mulher menos se aproximar daquilo que a sociedade e muito particularmente os activistas dos direitos disto e daquilo têm como o perfil da vítima. E por fim uma pergunta: perante o que está a acontecer neste caso quantas mulheres não acabam a concluir que o melhor é aguentar e calar? Por todas as razões de outrora — casamento e filhos — e também para salvarem as suas carreiras."

Sem comentários: