sábado, 18 de março de 2017

E Andam os Contribuintes a Sustentar Isto...


«GERMANY: Syrian so-called ‘refugees’ attack security staff with iron bars and knives at refugee home in Staufen» 
Durante os últimos dez anos, assistimos na Europa do Sul a um colapso do mercado laboral, que em conjunto com a crise económico-financeira generalizada, resultou em milhões de jovens com a vida suspensa e em muitos casos condenados a viver na casa dos pais até aos quarenta anos, sendo que não trabalham, nem estudam. Chamam a isto a "geração nem nem" e só em Portugal estima-se que existem cerca de 300 000 almas nesta desesperante situação. Atenção, pois este número refere-se a dados oficiais que são sempre manipulados por baixo, de forma a esconder a realidade do povo. Pessoalmente, acredito que o número real de jovens "nem nem" em Portugal, andará por volta dos 500 000. Em Espanha a situação é ainda pior do que a nossa e da Grécia nem vale a pena falar...

Repare-se que para estes jovens adultos, a UE diz que não tem dinheiro para mais apoios ou incentivos. A UE, que eu há muito denunciei como sendo nada mais do que uma Anti-Europa, não tem dinheiro para ajudar os seus, mas para construir centros de "refugiados" que ultimamente parece que nascem como cogumelos, para isso já não existe falta de dinheiro. Esta "Europa" - que na verdade não passa de uma distopia internacionalista - é um nojo. Um nojo absoluto.

Eu nunca me cansarei de repetir que é necessário julgar e executar as elites criminosas que fazem parte do "sistema" e digo-o em qualquer lugar, sem qualquer problema. A actual classe política portuguesa, a canalha mafiosa dos partidos do assim chamado "arco do poder", está a tentar exterminar o povo português e há mais do que indícios e provas suficientes para que no futuro, esta gente seja toda julgada e condenada à morte por tentativa de genocídio do povo português.

João José Horta Nobre
26 de Fevereiro de 2017

1 comentário:

João José Horta Nobre disse...

Muito obrigado pela continuada divulgação dos meus textos caro A-24.

Cumpts,
JJHN