sábado, 25 de março de 2017

"Força Catarina!!!!"



Helena Matos
Na continuidade das questões levantadas pelo Vítor eu proponho mesmo um salário máximo para os futebolistas. Não é possível, não é admissível, não é justo que um jogador como o Ronaldo possa ganhar mais que uma equipa inteira doutro club qualquer ou dez equipas ou sabe-se lá quantas equipas. O Ronaldo deve ter um ordenado máximo definido pela lei. Exactamente como o BE define para as empresas. É realmente vergonhoso que o Ronaldo à semlhança da família Soares dos Santos se aproprie (como dizia aquele rapaz que está no BE a fazer a quota masculina) da riqueza da empresa. Todos e todas devem pode jogar no Real Madrid, os golos devem ter quotas, o campeonato deve dar lugar a uma espécie de educação para a cidadania e os jogadores devem ter contratos para toda a vida. Ao pé de casa, claro. Como se sabe eu até nem gosto de futebol.

Sem comentários: